Dicas

Você já ouviu falar em jardins de baixa manutenção? Saiba como ter um em sua casa!

Ter um quintal para cultivar plantas e flores é o sonho de muitas pessoas ao comprarem a casa própria. Observar o crescimento das plantas é um hobby sadio, que reduz o estresse e aumenta o bem-estar. No entanto, cuidar de um jardim demanda tempo e atenção, e nem todas as pessoas têm tempo disponível. Por isso, hoje vamos dar dicas de como ter um jardim de baixa manutenção.

COMO TER UM JARDIM DE BAIXA MANUTENÇÃO?

Segundo o próprio nome diz: jardins de baixa manutenção demandam menos cuidados que os jardins convencionais. Para isso, é preciso lançar mão de algumas estruturas que substituem grandes gramados. Estes precisam ser aparados regularmente e podem ter ervas daninhas, trevos ou outras plantas consideradas pragas.

 

Aposte nos vasos

Os vasos permitem o cultivo de diversas espécies, dos mais diversos tamanhos. É possível ter até árvores frutíferas, como limoeiro e jabuticabeira, em vasos. 

A grande variedade de designs (cores, formatos, materiais e texturas) permite que se criem combinações e recombinações, para dar uma cara nova aos ambientes, com facilidade.

Outra grande vantagem dos vasos é delimitar o crescimento de arbustos e árvores, evitando que rompam canteiros (cimento, encanamento etc.).

 

Jardim minimalista

O minimalismo é uma tendência da decoração de ambientes que também vem sendo usada em quintais e jardins. Segundo esse conceito, a jardinagem minimalista demanda baixa manutenção. Afinal, tem pequena variedade de espécies, assim, os cuidados são os mesmos para todas as plantas. 

Os espaços podem ser preenchidos com pedras ou esculturas e é interessante colocar uma árvore ou arbusto como peça principal do jardim.

 

Construa canteiros

Os canteiros de cimento ou de pedras são excelentes para delimitar áreas verdes. E o melhor: é possível “moldar” o jardim no formato desejado. Por isso, são ideais para quem não pode ou não quer cultivar um grande gramado. Os canteiros podem contornar entradas, escadas, janelas, muros etc. 

 

Tenha plantas de clima seco

Plantas típicas de regiões desérticas, como cactos e suculentas, são indicadas para quem não tem tempo para cuidar do jardim. Elas resistem a temperaturas extremas e passam longo tempo sem água.

As bromélias, devido à sua capacidade de armazenar água, também são indicadas para pessoas que viajam muito ou passam muito tempo fora de casa. 

 

ALGUMAS PLANTAS FÁCEIS DE CUIDAR 

Para um jardim de baixa manutenção, é fundamental escolher plantas que não exigem muitos cuidados para permanecerem bonitas e saudáveis. Além dos cactos e suculentas, já citados, você pode optar por outras plantas, como:

– Espada de São Jorge;

– Lança de São Jorge;

– Espada de Santa Bárbara (a que tem margens mais claras);

– Tillandsia;

– Hibisco;

– Jiboia;

– Dracena;

– Pata de elefante;

– Aglaonema;

– Aspargos-pluma;

– Árvore-da-felicidade;

– Clorofito;

– Aspidistra;

– Areca-bambu;

– Lírio da paz;

– Zamioculcas;

– Samambaia;

– Cróton;

– Palmeira ráfia;

– Bromélia;

– Costela de Adão;

– Begônia;

– Singônio;

– Planta Jade;

– Maranta;

– Peperômia;

– Antúrio;

– Chamaedora;

– Bougainvillea;

– Onze-horas;

– Moreia;

– Agave;

– Pleomele; 

– Comigo ninguém pode.

 

ALGUMAS DICAS DE CUIDADOS PARA JARDINS DE BAIXA MANUTENÇÃO

– A combinação de canteiros ou áreas verdes com madeira (em decks ou pallets, por exemplo) é elegante e fácil de cuidar;

– Se deseja ter uma área gramada, opte por uma variedade que seja mais fácil de cuidar, como a grama amendoim;

– Use cortadores de grama com recicladores, que deixam as aparas picadas de forma que dispensa o uso do ancinho;

– Também é indicado o uso de cortadores com recolhedor de aparas, que não espalham a grama cortada;

– Canteiros com forração são mais fáceis de cuidar, para isso, utilize forrações perenes ou materiais orgânicos como casca de pinus (não tratado), maravalha ou folhas mortas, isso inibe o crescimento de ervas daninhas e mantém a umidade do solo;

– É possível, ainda, forrar o solo com pedriscos, pedras ou cacos de cerâmica;

– Evite o uso de separadores plásticos, que dão um aspecto grosseiro e artificial. Opte por blocos de concreto, tijolinhos, bambus ou pedras para separar os ambientes do jardim de forma mais harmoniosa.

 

Continue lendo...
JA UrbanismoLoteamentos

Prefeitura de Imbituba lança campanha “Compra Legal de Imóveis” para conscientizar a população sobre a importância de comprar terrenos regularizados

A crescente quantidade de negociações de terrenos e imóveis sem regulamentação preocupa os municípios. Por isso, a Prefeitura Municipal de Imbituba lançou a campanha Compra Legal de Imóveis. O objetivo é  conscientizar os cidadãos a respeito da importância de se verificar a regularidade dos lotes ou imóveis junto à Prefeitura antes de fechar negócio. A

Continue lendo...
JA UrbanismoLoteamentos

Loteamentos planejados: porque investir neles? 

Para quem está pensando em investir, começar por um terreno em um loteamento planejado é uma ótima opção. Terrenos tendem a valorizar influenciados pelo crescimento da região ou bairro em que estão. Isso está relacionado com infraestrutura, opções de transporte, comércio, lazer e acesso.  Desse modo, terrenos em loteamentos planejados saem na frente no quesito

Continue lendo...
Dicas

Trabalha de casa? Entenda como planejar o home office perfeito

.Trabalhar em casa é um sonho para muitas pessoas. Recentes estudos mostram que o ganho em produtividade e qualidade de vida de funcionários que utilizam o home office (ou teletrabalho) são consideravelmente maiores que daqueles que trabalham presencialmente todos os dias. Porém, para que isso aconteça, é fundamental planejar o home office da melhor maneira.

Continue lendo...
Dicas

Saiba quando vale a pena investir em móveis planejados 

Móveis prontos ou móveis planejados? Essa é uma dúvida bastante comum na hora de mobiliar uma casa ou apartamento. Cada uma das opções tem prós e contras, que devem ser avaliados caso a caso.  Entre as desvantagens dos móveis planejados, as principais citadas por decoradores e especialistas estão: preço elevado; tempo para produção e entrega;

Continue lendo...
Dicas

Dicas J.A Urbanismo: ideias para decorar banheiros

Os banheiros sempre foram planejados de modo a serem funcionais, práticos e para facilitar a limpeza e a manutenção. Ao longo dos anos, designers de interiores e decoradores  passaram a considerar os banheiros como peças-chaves para a composição do estilo de uma casa. Dessa forma, começaram a planejar esse ambiente com elementos que vão muito

Continue lendo...
1 2 3 8
Page 1 of 8